Irmãs Agostinianas Missionárias


2No dia 06 de maio de 2015 a Congregação das Irmãs Agostinianas Missionárias celebrará 125 anos de sua fundação. Três almas, infundidas pelo Espirito de Deus sentiram-se chamadas a evangelizar tendo principio o amor e a entrega. Assim nasceu uma comunidade de irmãs dispostas a oferecer ao mundo paz, alegria solidariedade e união.

Conheça mais a nossa história:

Quem somos ?
Uma congregação Religiosa com a Espiritualidade de Santo Agostinho, fundada em Madrid (Espanha), em 1890 por três Irmãs: Madre Querubina Samarra, Madre Clara Cantó e Madre Mônica Mujal. Realizamos a missão em total disponibilidade às chamadas do Espírito, por meio da Educação e Promoção Humana com especial atenção aos ambientes pobres e necessitados e aos países de missão. A Congregação de Agostinianas Missionárias é um ramo da Origem Agostiniana (agregada em 1909 e depois a 09 de maio de 1949) que reconhece a Santo Agostinho como Patrono e acolhe-se à sua Regra e Espiritualidade.
Fundada em Madri, a 06 de maio de 1890 pelo grupo de Irmãs Querubina Samarra, Clara Canto e Mônica Mujal, com o nome inicial de Agostinianas Terciárias Missionárias de Ultramar. Tinha como objetivo inicial à formação apostólica de professores para as Missões de Filipinas, comunidade agostiniana formada pelas Irmãs do Beatério de Barcelona que para lá foram a pedido dos Padres Agostinianos a fim de atenderem e educarem crianças órfãs, cujos pais haviam sido vitimas de epidemia.
Apoiadas pelo Pe. Salvador Font e as Damas de Caridade de Madri as referidas Irmãs assumem o Orfanato “Asilo de Gratidão ao SS. Sacramento” à Rua General Pardiñas, fundando mais tarde o Colégio Imaculada Conceição até hoje atuante na capital Madrilenha.

22Dentro da espiritualidade agostiniana, a Congregação de Agostinianas Missionárias também em busca da Verdade, justiça e amor, em total disponibilidade às chamadas do Espírito Santo, assume o Carisma da Evangelização, através da Educação e Promoção Humana em ambientes pobres e necessitados, com especial atenção à infância, juventude e à mulher, às pessoas que são objetos de marginalização em nossa sociedade.

Como missionárias fundam em 1921 Comunidades no Brasil, em 1925 na China continental, em 1933 na África-Argélia.
A pedido de Dom Prudêncio Gomes da Silva, bispo de Goyaz, e Mons. Francisco Inácio de Souza e Padres Agostinianos, a Congregação envia 05 Irmãs espanholas à Comunidade de Catalão-Estado de Goiás, a fim de assumirem a educação de crianças e jovens. De Catalão à Capital Goiânia, a Congregação se expande ao Estado de São Paulo-Taquaritinga (1925) e capital São Paulo (1933), depois ao Rio de Janeiro (1954) e em 1959 à Ilha Marajó e Belo Horizonte com o mesmo objetivo educacional e de promoção.

Assim trabalhando na Educação formal, assumem Colégios particulares (04) e conveniados pelo Estado (04) e informalmente atuam na Promoção Humana em obras sociais, creches, CEBs, paróquias, Casas de Encontros.
Em 1971 as Comunidades do Brasil se organizaram na Província Cristo Rei em São Paulo, à Rua Bagé 73, sendo sua primeira coordenadora Provincial Ir. Trindade; reestrutura obras e funda em 1982 outras Comunidades de inserção no Marajó, e Vale do Jequitinhonha (Divisópolis) e em missões “ad gentes” na África, em Moçambique (Mapinhane) atendendo às necessidades locais, em especial promoção de pessoas carentes de pão e amor.
A atual coordenadora Provincial é a Irmã Maria Gonçalves.

A Congregação Agostinianas Missionárias descentralizada em 4 Províncias, está presente em 04 Continentes: Europa, América do Sul e Caribe, África e Ásia, ou seja, em 17 países: Itália, Espanha, Brasil, Moçambique, Colômbia, Peru, República Dominicana, Chile, Argentina, Argélia, Tanzânia, Quênia, Guiné Equatorial, Índia, Filipinas, China Continental e Taiwan.

As Agostinianas Missionárias, enraizadas em Cristo, querem ser testemunhas de Sua presença nas diferentes culturas, para promover o diálogo inter-cultural e inter-religioso apresentando os valores do Evangelho, especialmente pelo testemunho de vida.




Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *